sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

De volta à normalidade.

Ufa! Hoje foi fácil. O dia corrido não permitiu que eu pensasse em comida. Na hora do almoço tinha terapia. Antes eu ia e, na volta, passava em uma casa de massas, comprava um pedaço de torta de frango, uma empada de camarão e um refri. Esse era meu almoço. Lá pelas quatro da tarde eu ia até a padaria e comprava mini pães de queijo ou mini mistinhos. Dá pra perceber que minha alimentação era a base de carboidratos e açúcar.  Hoje foi diferente. No meio da manhã comi uma barrinha de cereais. Passei a manhã bebendo água e lógico que não tinha fome na hora do almoço. Só fui almoçar quando voltei da terapia. Fiz tudo certo e pretendo continuar assim até o Natal. Amanhã tem casamento. Vou me esforçar para não sair da linha. Janto antes de sair de casa e vou. Tenho saudade do tempo em que só conseguia comer 1/2 hambúrguer. Um pastel inteiro, nem pensar. Se comesse carne no almoço, só ia conseguir beber um gole de água lá pelas cinco da tarde, isso porque geralmente almoço ao meio dia. Ah...se eu soubesse que meu reduzido estômago um dia ia voltar ao normal, teria feito tudo direitinho e não teria trocado as refeições normais (arroz, feijão, legumes e frutas) por pacotes de salgadinhos, biscoitos e bolachas. Faz cinco anos que sou gastroplastizada e nunca cheguei a pesar menos de 80 kg. Um conselho que eu para quem vai fazer ou fêz esse tipo de cirurgia: reeduque-se a comer coisas saudávei assim como eu fiz hoje:
Café da manhã: uma castanha do pará, uma torrada com patê de queijo frescal, uma xícara de café.
Lanche: uma barrinha de cereais
Almoço: 3 cs de arroz integral, 4 nuggets de frango, uma colher de sopa de couve refogada, 50 ml de doce de sabóbora diet.
Lanche: 120 ml de café com leite desnatado e adoçante e uma castanha do pará
Jantar: uma colher de sopa de carne moída, 3 cs de arroz, uma colher de sopa de caldo de feijão, uma colher de sopa de couve refogada, uma fatia de carne assada.
Lanche: não cabe mais nada. Estou me sentindo empanturrada por causa da carne que comi no jantar.
Estou providenciando a compra de uma câmera fotográfica, assim poderei postar fotos do que estou a comer e também dos meus progressos. Alguém poderia me indicar uma que não seja muito cara? Agradeço as palavras de incentivo e os conselhos que postaram. Isso me fortalece. Um beijãozão e até amanhã.

3 comentários. Para comentar clique aqui!:

Muriel disse...

Oi, lindinha,,,,
Boa noite ..
Força amiga vc vai conseguir..
Realmente os carbo são uma tentação..
Vc está fazendo a coisa certa..
Tomar um bom café da manhã e assim como as outras refeições não pular..
Por que o corpo pede enrgia..
E os carbo são os rapidos pra alimentar o cerebro...
Força miguaxa.....
Vc vai conseguir...
Bjus...

Rê Seta disse...

Oi Lilli, então vc 'se mutilou' né?
Quase fiz essa besteira. Há um ano fiz todo o pré-operatorio, mas ai percebi que não ia adiantar nada se eu não mudasse minha psiquê. Eu tenho que mandar no meu corpo, não meu estomago.
Ainda bem que vc tbem se conscientizou disso, pena que operou, mas se foi bom pra ti...SUPERE-SE.
bjokas e bom findi

Lili Bolero disse...

Não me arrependo, Rê. Só me arrependo de não ter feito tudo direitinho na época. Agora estou correndo atras do prejuizo, fazer o quê, né? Beijão e boa semana pra você.

Postar um comentário