domingo, 31 de janeiro de 2010

Poderia ter sido muuuuuuuuuuuuuito melhor.

Já se foi mais uma semana do desafio de carnaval e eu nem cheguei a emagrecer 1 kg. Já me pesei hoje e espero um milagre amanhã de manhã quando subir na balança de novo. Estou desapontada comigo (poxa Lili, você poderia ter feito tudo diferente, se empenhado mais, se exercitado mais, diz a minha consciência). Sem problemas. Amanhã, dia internacional da dieta, VOU FAZER TUDO CERTINHO, sem jacadas. Eu consigo ou não me chamo Eliana. Sempre quis me chamar Brigite...hehehe..brincadeirinha. Vou me esforçar para atingir meu objetivo que é eliminar quatro quilos até o carnaval, ah se vou!
******************* 
Hoje foi um dia muito triste. Já chorei muito e fiquei pensando em como é duro ser idoso mesmo tendo uma família. Aqui no prédio, a maioria dos moradores têm mais de 60 anos. Minha vizinha tem 83. Ela não enxerga direito e, por conta de dores nas pernas, não pode andar muito também. Passava o dia inteirinho sozinha, cozinhava, lavava e arrumava a casa. As pessoas sempre estavam fazendo alguma coisinha pra ela, tipo ir à farmácia, à padaria, pagar contas, receber a aposentadoria, acompanhá-la ao médico, pintar suas unhas e cabelo. Morava no segundo andar e todo final de tarde ela descia para ir à padaria. Se não tinha ninguém para lhe fazer companhia, ela ia sozinha mesmo. Quase nunca vinham lhe visitar. Em dois anos acho que só via sua filha por aqui duas vezes. Não, D. Nélia não morreu. Foi morar em São Paulo, perto da filha e do restante da família. Havia muito tempo que ela reclamava da solidão, que estava ficando cada vez mais difícil cuidar de si. Nas tardes de sábado eu costumava ir até sua casa para tomar um café e fumar um cigarrinho. D. Nélia não larga o cigarro embora sofra de efisema pulmonar. Eu parei de fumar, mas mesmo assim continuava indo na sua casa para bater um papinho e ver como ela estava. Agora não vou mais poder fazer isso. Ela se foi e deixou um vazio no meu coração. Espero que só não tenha transferido sua solidão para a grande metrópole. Espero que lá ela encontre pessoas que se importem com ela. Espero que ela possa viver os dias que ainda lhe restam feliz e em paz. 

2 comentários. Para comentar clique aqui!:

☆╮PORCA-ROSA ☆╮ disse...

Difícil ficarmos longe mesmo de estranhos que aprendemos a amar.Beijo.

Noivinha Lú disse...

OI, LILI!
TEM MSM Q DAR UMA VIRADA! E ISSO SÓ DEPENDE DE VC! PASSEI O ANO PASSADO INTEIRO ENROLANDO COM A RA! ACABEI O ANO FRUSTRADA E COMECEI COM METADE DO PESO QUE TINHA PERDIDO, ACUMULADO NA BARRIGA E NO BUMBUM OUTRA VEZ!
COLOCA NA CABEÇA QUE É ESSA A PRIORIDADE! VC É A PRIORIDADE! E TENHO CERTEZA QUE VC CONSEGUE!
BJÃO E ÓTIMA SEMANA!

Postar um comentário